as horas extraordinárias

«bem fiz em ter por necessárias as horas extraordinárias.», sérgio godinho

se não forem as tuas mãos, quais vão ser?

with 2 comments


mercado do bolhão, porto. 2011
Anúncios

Written by Cláudio Vieira Alves

22/08/2011 às 08:19

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Transgredir esses lugares habitáveis pela opressão. Dar amplitude aos sonhos. Esses recobrem pele, voz e a beleza de olhar longe, aonde depois aconteça.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s