as horas extraordinárias

«bem fiz em ter por necessárias as horas extraordinárias.», sérgio godinho

que nunca caiam as pontes entre nós.

with one comment

Anúncios

Written by Cláudio Vieira Alves

17/02/2011 às 13:49

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. E já dizia o Abrunhosa:

    «Tu tens a paz,
    Tens a loucura
    Que a manhã ainda te traz.
    (…)
    Que nunca caiam as pontes entre nós.»

    Sara

    19/02/2011 at 00:16


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s