as horas extraordinárias

«bem fiz em ter por necessárias as horas extraordinárias.», sérgio godinho

Archive for Setembro 2010

há festa na herdade. e é tão linda a festa, pá.

with 4 comments

Depois de alguns anos de Festas do Avante! — a aproximar-me de uma década ininterrupta —,  acabo por concluir que já escrevi tudo sobre o assunto mas que, ainda assim, não sinto o tema esgotado. É forçosamente estranho que, todos os anos, tenha cada vez mais vontade de: a) escrever largamente sobre o assunto; b) cativar, ainda mais, pessoas para se juntarem à festa do primeiro fim-de-semana de Setembro.

A realidade é que ultrapassei largamente a fronteira de “embaixador” desta festa para me tornar, por força apenas do entusiasmo com que esta festa me apaixona, um sincero devoto daquela que é, desde sempre (e antes de qualquer festival folclórico, de músicas do mundo ou de música popular portuguesa) a maior e mais expressiva festa (e festival) cultural de, e para, portugueses. É, também, e mesmo que esta festa derrube a fronteira política, a festa anual de um partido que  se exibe humano, dinâmico e atento. E isto escrevo-o com a imparcialidade de quem nunca votou no PCP.

Há algumas novidades nesta edição: este ano, ao invés do que é habitual, o cartaz e todas as informações do programa estão  disponíveis no (bom) site da Festa do Avante! 2010; o cartaz apresentado é, e ainda mais do que o habitual, rico no que respeita à quantidade e qualidade das propostas. Ora, o que convida, necessariamente, a passar o fim-de-semana inteiro sem arredar pé da Quinta da Atalaia.

[ Vídeo: “Tão lindo”, por Diabo na Cruz ]

Este ano, durante os dias 3, 4 e 5 de Setembro, a Festa contará com (e destaco algumas das propostas) o concerto dos 25 anos da Carvalhesa — apresentando os pianistas Mário Laginha e António Rosado como solistas —, Diabo na Cruz, Bunnyranch, Deolinda, Bernardo Sassetti Trio, Os Tornados, Abrunhosa & Comité Caviar, Demian Cabaud Quarteto, Orquestra de Jazz de Matosinhos, Ricardo Pereira Sexteto, Baile Popular, Os Dias de Raiva, Dazkarieh, Peste & Sida, Tim & Companheiros de Aventura, Ana Laíns, António Chaínho, A Naifa, Brigada Vítor Jara e Quadrilha. Para além dos cabeças de cartaz musicais a Festa tem: 3 dias com Teatro, espectáculos de Dança, os ranchos folclóricos, os diversos palcos espalhados estrategicamente, a frescura dos espectáculos internacionais, a Poesia, o palco com novos valores da música portuguesa, a gastronomia de todas as regiões, o espaço Internacional e, claro, a feira do disco e a feira do livro.

Cartaz da Festa do Avante! 2010

Cartaz da Festa do Avante! 2010

Ide, ide. Gente de todas as raças e credos: não há como não gostar desta Festa. A verdade é que, e por muita relambório que aqui despeje, o slogan é que lhe cai bem: não há festa como esta.

Written by Cláudio Vieira Alves

02/09/2010 at 01:48