as horas extraordinárias

«bem fiz em ter por necessárias as horas extraordinárias.», sérgio godinho

ontem acordei ortograficamente espirituoso mas foneticamente incompetente.*

with 2 comments

Ontem assistia, impávido, a uma discussão sobre a adopção da imprensa ao acordo ortográfico.

Ele 1: O caso do “facto” é absurdo, por exemplo.

Ele 2: Esse é. Mas… Então, “hoje” tem ou não tem o “h”?

Eu: “Hoje” não vos sei responder. Mas, se me tentarem perguntar “amanhã”…

Ele 1 e Ele 2: … Hã?!

* ou: as minhas piadas resultariam tão melhor num filme mudo com legendas.

Anúncios

Written by Cláudio Vieira Alves

20/08/2010 às 19:45

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Caso para dizer: Lost in Translation 🙂

    Sara

    01/12/2010 at 22:16


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s