as horas extraordinárias

«bem fiz em ter por necessárias as horas extraordinárias.», sérgio godinho

as novas dimensões de uma mesma identidade.

leave a comment »

Questão puramente semântica, já sei, mas não mudei. Troquei-me, apenas. A troca foi, simultaneamente, grande e pequena; e tanto no conteúdo como na forma. O suficiente para que a nova identidade caiba em qualquer carteira — ao contrário da anterior — e com umas reduzidas dimensões de 85,60 mm por 53,98 mm.

Cartão de cidadão.

Cartão de cidadão.

E esta nova identidade única — ainda que seja a mesma, já sei — garanto que passa a andar sempre comigo. E, agora, o leitor que apenas lê este parágrafo sai daqui a pensar: ao que parece os dias de Pessoa deste tipo já lá vão.

Anúncios

Written by Cláudio Vieira Alves

21/04/2010 às 20:39

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s