as horas extraordinárias

«bem fiz em ter por necessárias as horas extraordinárias.», sérgio godinho

Archive for Dezembro 2009

um vídeo por dia, nem sabe o bem que lhe fazia. #14

leave a comment »

A morte de Michael Jackson foi, indiscutivelmente, um acontecimento mediático de 2009. Quer se aceite, ou não, a morte de Michael Jackson foi, a meio deste ano que agora termina, empurrado para todos como um consumo, tal como a sua música, pop. O último Rei da Pop, foi, justamente, o vocativo disparado por todo o lado. Ora, neste enquadramento, e perante a promessa de uma digressão única que mesmo não tendo arrancado já tinha ganho toda a sua forma, chegou à maioria dos cinemas, com um alargado marketing, em formato de documentário e com o mesmo nome da digressão — “This is it” — o filme que grava os últimos dias de Michael Jackson na preparação dos seus concertos.

Porém, Michael Jackson teve o seu luto em todos os formatos: televisivo (com as diversas coberturas diárias e a novela sobre a responsabilidade da sua morte), audio (com o lançamento de diversas compilações de êxitos), cinematográfico (com o lançamento do documentário), em livros (com lançamentos de diversa literatura sobre a sua vida e obra) e, agora — pelo olhar e mão de Spike Lee —, o luto em formato de teledisco. Um vídeo em cima da sua última música composta que, e com principal recurso a fotografias, revê as memórias de Michael Jackson e traduz visualmente a sua relação com o público desde novo.

No mesmo ano que Jackson morreu lamentou-se a sua morte em todos os formatos digitais. Arrisco-me a afirmar que, na indústria musical, no que diz respeito a ícones musicais: nunca um período de nojo foi tão curto e célere.

[ Vídeo: “This is It”, música de Michael Jackson e teledisco de Spike Lee ]

Written by Cláudio Vieira Alves

30/12/2009 at 01:05

e quê?, há bar aberto, não?!

leave a comment »

«Maria do Rosário, outra das clientes que integrou o protesto no interior das instalações, está disposta a passar a noite de reveillon no BPP.», via Público

Written by Cláudio Vieira Alves

28/12/2009 at 16:09

do filme avatar, sopram excelentes imagens…

with 2 comments

… mas uma péssima banda sonora. Se é verdade que os batuques tribais remetem para um ambiente Pocahontas desnecessário, é ainda mais verdade que há uma música a cortar os créditos finais digna das piores. Das piores de todas as músicas da história das bandas sonoras cinematográficas.

[ Vídeo: “I see you”, por Leona Lewis ]

Sejamos honestos: nem a Celine Dion conseguiria fazer uma coisa, assim, tão má.

Written by Cláudio Vieira Alves

28/12/2009 at 14:48

Publicado em cinema, música

Tagged with , ,

festas porreiras, pá.

leave a comment »

Boa música, também a há, para estes tempos — e regra geral, os clássicos pop resultam melhor que as revisitações de aproximação jazzística às músicas de natal.

Um bom natal para todos. Nós, portanto.

[ Vídeo: “Last Christmas”, original dos “Wham!” interpretado por David Fonseca ]

Written by Cláudio Vieira Alves

24/12/2009 at 18:14

Publicado em música, vídeo

Tagged with , , , ,

um vídeo por dia, nem sabe o bem que lhe fazia. #13

leave a comment »

Em plena véspera de comemorações do nascimento de cristo — porque quer queiramos, quer não, este é o motivo de existir Natal —, nada melhor que, com o vagar destes dias, assistir (ou rever) esta mini-série levada a cabo por um grupo de adolescentes religiosos do Clube T.

No Clube T chamam a estes dois vídeos, que aqui vos convido a assistir, as duas partes de uma curta-metragem. Eu, triste por termos tão poucas mini-séries em Portugal — e perante os twists inesperados de uma história cujo argumento tem, à partida, todas as premissas para falhar —, prefiro chamar-lhe “a” mini-série religiosa  em dois episódios. A mesma mini-série que Portugal nunca sentiu falta até a ter visto.

O que têm em comum um jovem-pobre-de-rabo-de-cavalo-que-joga-ténis-apesar-de-ser-mesmo-pobre com uns hip-hopers-que-amam-jesus? E, como é possível, no meio de tudo isso, introduzir a rapariga-que-anda-montada-na-estrelinha-e-que-convida-qualquer-um-para-a-sua-festa-de-anos?

Tudo isso, e muito mais, pode ser descoberto em “Amor Maior”. A mini-série inesquecível para quem a vê.

“Drop the beat!”. Yah.

[ Vídeo: “Amor Maior (Parte I)”, por Clube T ]

[ Vídeo: “Amor Maior (Parte II)”, por Clube T ]

Written by Cláudio Vieira Alves

24/12/2009 at 11:51

o profeta de santa catarina é cego e diz assim:

leave a comment »

«Olhai para mim, que não posso ver.»

E para quem o ouve, acreditem-me, a rua perde instantaneamente aquelas luzes.

Written by Cláudio Vieira Alves

23/12/2009 at 19:09

Publicado em instantâneas, porto

Tagged with , , ,

mesmo a calhar com as discussões sobre o aquecimento global na cimeira de copenhaga…

leave a comment »

chega hoje, depois de dias rigorosos de frio, o inverno.

Péssimo timing o desta cimeira. Com um tempo assim, a maioria só pode ser a favor de um aquecimento global.

Written by Cláudio Vieira Alves

21/12/2009 at 12:29