as horas extraordinárias

«bem fiz em ter por necessárias as horas extraordinárias.», sérgio godinho

a elisa que não queria ter visto ou o debate que devia ter perdido.

leave a comment »

«Elisa não vai, voltou a repeti-lo ontem à noite, dizendo: “Eu não quero ser vereadora, quero ser presidente de câmara”. A candidata tem acusado Rui Rio de fugir a um frente-a-frente e voltou a repeti-lo no debate, hostilizando os restantes candidatos ao dizer que o que era verdadeiramente importante era que os eleitores percebessem a sua posição e a de Rui Rio, porque apenas eles tinham possibilidade de ser eleitos presidentes de câmara. Elisa esteve irritadiça e quase zangada – colocando mesmo o moderador da SIC, Pedro Couto, pouco à vontade em alguns momentos – e deixou-se por vezes apanhar em falso, como na ocasião em que afirmou que a Câmara do Porto tinha perdido todos os processos judiciais no caso dos terrenos do Parque da Cidade, em que acabou por ser corrigida pelo actual presidente», via Público

Anúncios

Written by Cláudio Vieira Alves

01/10/2009 às 11:08

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s