as horas extraordinárias

«bem fiz em ter por necessárias as horas extraordinárias.», sérgio godinho

revivalismo e solidariedade combina com ornatos violeta.

leave a comment »

No sentido de apoiar a UDINEX (União Desportiva Inexplicável) reúnem-se, no dia 3 de Setembro, pelas 22 horas, nomes míticos e fundamentais na história da música portuguesa. Refiro-me à presença de quase todos os — fica a faltar o importante teclista Elísio Donas  — Ornatos Violeta. Estarão por lá, individualmente: o criativo e notável vocalista Manuel Cruz, o inspirado guitarrista Peixe e o, recentemente, cantautor Nuno Prata.  O baterista Kinorm sobe a palco com a sua banda Plus Ultra (onde, também, participam os conhecidos Gon e Azevedo).

Os da minha geração musical prenderam, claro, a atenção nesta noite e nestes concertos inesperados. Mas, a surpresa revela-se, essencialmente, por juntar no mesmo palco aqueles que, um dia, foram o colectivo portuense que, de diferentes formas, traçou o rumo do rock português cantado em português. A sua influência musical ainda hoje se reflecte, perfeitamente, em algumas das bandas da nova geração da música portuguesa.

Para o bem e para o mal, essa magia de se reencontrarem num palco (seja individual ou colectivamente) e numa mesma noite, será partilhada por muitos os presentes e, certamente, por estes músicos. Recordo que — mesmo que esta noite não se trate de um concerto de Ornatos Violeta — estes músicos não se encontram num mesmo evento musical desde 2002, ano em que  com apenas dois álbuns de originais lançados terminaram de um modo inesperado e, supõe-se, conflituoso.

Duvido que os Ornatos Violeta se voltem a reunir — e ainda bem! Não convém beliscar um passado que de muita glória e de grande honra, nem tão pouco estes músicos evoluíram e amadureceram na mesma identidade musical. Mas, que esta onda de revivalismo que atinge uma escala planetária (Skunk Anansie, Guano Apes, The Cranberries,…) sabe bem, lá isso sabe.

Cartaz de Promoção do Concerto de Apoio à UDINEX.

Cartaz de Promoção do Concerto de Apoio à UDINEX.

As portas do Armazém do Chá abrem pelas 21 horas e o primeiro concerto está agendado para as 22 horas. Os ingressos, à venda à porta, custam € 2 — e o total das receitas será revertido a favor da colectividade desportiva.

Anúncios

Written by Cláudio Vieira Alves

02/09/2009 às 11:58

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s