as horas extraordinárias

«bem fiz em ter por necessárias as horas extraordinárias.», sérgio godinho

e aquela coisa do porto em primeiro, também, paga aos eleitores?

with 2 comments

«A organização das corridas de 2009 do Circuito da Boavista, no Porto, pagou 77.500 euros para garantir a participação de 22 clássicos de Fórmula 1 nas duas corridas realizadas a 12 de Julho. Esta despesa já foi contestada por Rui Sá, vereador e candidato da CDU à presidência da Câmara do Porto, que promove o evento através da empresa municipal PortoLazer. Num requerimento enviado sexta-feira ao presidente da câmara, o vereador comunista exige esclarecimentos, criticando que “dinheiros públicos sirvam para pagar cachets de presença a corredores não profissionais de automóveis”. No documento, Sá defende que o normal seria que os pilotos, em vez de receberem um “subsídio”, pagassem para participar.», via Público

Temos, portanto, para além daqueles dois pés no Porto, várias 4 rodas na Boavista. E uma organização que, orgulhosamente, gastou em cada uma das edições cerca de 320 mil euros.

Caraças!, às vezes não custa tanto ser democrático?

Cartaz de Promoção de Rui Rio, à Câmara Municipal do Porto.

Cartaz de Promoção de Rui Rio, à Câmara Municipal do Porto.

Anúncios

Written by Cláudio Vieira Alves

25/08/2009 às 10:42

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. O exemplo mais flagrante de desbaratar de dinheiros públicos, é a revista da Câmara, c/o Dr. Rui como único figurante. Na primeira edição, contei (salvo erro) 72 fotografias do Dr. Rui Rio.
    Aquilo é uam espécie de Playboy, só que a miúda nua é sempre a mesma.
    Para quando Rui Rio no chuveiro, ou Rui Rio lava os dentes ou mesmo Rui Rio limpa o rabinho com papel reciclado ?

    Fernando Lopes

    25/08/2009 at 11:43

    • Obrigado, Fernando, pelo comentário.

      Na realidade, acredito que está em estudo um teatro-revista de La Féria sobre a vida de Rio e as suas ideias deverão ser levadas em (boa) conta.
      Eu tenho esperança que seja lançada a RR TV, um género de reality show sobre a vida rigorosa e de muita honestidade de Rui Rio. O argumento podia ser uma adaptação do twitter “O Porto em Primeiro” (http://twitter.com/portoemprimeiro) — uma maravilha de boa literatura moderna.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s