as horas extraordinárias

«bem fiz em ter por necessárias as horas extraordinárias.», sérgio godinho

e tornar obrigatório o uso do fascismo: antes e depois das refeições.

with 4 comments

«Alberto João Jardim quer rever a Constituição e proibir o comunismo em Portugal. O Presidente do Governo Regional da Madeira vai avançar na próxima semana, no Parlamento Regional, com a proposta de revisão onde se pode ler que a “democracia não deve tolerar comportamentos e ideologias totalitárias e autoritárias”.», via RTP.

Anúncios

Written by Cláudio Vieira Alves

16/07/2009 às 13:24

Publicado em notícias, política

Tagged with ,

4 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Eh lá… é um homem da democracia, este senhor… Estou impressionada… No entanto fiquei confusa… ele é comunista, então?

    Inês Carvalho

    16/07/2009 at 15:53

    • Relativamente a ele, a minha opinião pessoal inclina-se mais para estúpido, apenas. Nem fascista, nem comunista. 🙂

      • Eu tenho outra opinião bem desenvolvida acerca dele… Creio que ele é o cruzamento de um reco com uma bailarina de samba, mas mais não digo… A genética tem miendros que não explicam tudo…!

        Inês Carvalho

        17/07/2009 at 01:28

      • 🙂


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s