as horas extraordinárias

«bem fiz em ter por necessárias as horas extraordinárias.», sérgio godinho

coisas que me arranham o corporativismo.

with 2 comments

Eles discutem de modo aceso. Discussão, essa, mais acesa do que a ponta do cigarro com que eu, entretido e afastado, os ouço. Todos os que passam, de olhos críticos, provavelmente questionam o bom senso daquele grupo. Grupo cujas vozes bem audíveis, e em pé, escolhem o hall da empresa para toda aquela animação. Ora, e o debate prossegue numa proporcionalidade directa com a intensidade sonora das afirmações.

Finalmente, juntam-se todos os recém-contratados e percebo o assunto que os apaixona: relativamente a uma deslocação que será necessário fazer a Lisboa, exibem uma preocupação generalizada em encontrar um responsável por levar os comandos para um computador. Comandos que assumem um papel central e uma forte importância: serão a companhia para jogarem PES durante a viagem de, ida e volta, no Alfa Pendular.

Procuro acalmar os ânimos e pergunto-lhes se tinham visto as sondagens relativas à batalha autárquica para a Câmara Municipal do Porto. Falo-lhes em Elisa Ferreira e, eles, perguntam-me “quem é essa?!”. Dois segundos depois, numa rápida reviravolta que me atordoa, comentam que o problema do ensino e da educação em Portugal é o facilitismo e iniciam a clássica comparação depreciativa sobre o ensino superior e o ensino politécnico.

E eu? — eu, que sempre facilitei em aprender a jogar computador — bom, eu fico calado.

Anúncios

Written by Cláudio Vieira Alves

02/07/2009 às 09:30

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. era pior se disputassem um magalhães e fossem do programa das novas oportunidades.

    hmm… haverá diferença? só no título do cartão de multibanco, se calhar..:p

    Inês Carvalho

    03/07/2009 at 00:06

    • Obrigado pelo comentário, Inês. A julgar pelas peças em causa há — certamente! — a diferença no cartão multibanco, desde o tempo em que tal título nem lá deveria estar.

      Os tempos futuros prometem mais episódios deste calibre.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s