as horas extraordinárias

«bem fiz em ter por necessárias as horas extraordinárias.», sérgio godinho

quando a marinha vai de férias.

leave a comment »

Dois casais, em alvoroço e perturbando toda a piscina do Hotel, lutavam, animadamente, entre eles.
Perguntei-lhes, subtilmente, se quando iam a um ringue costumavam nadar bruços.

Anúncios

Written by Cláudio Vieira Alves

10/06/2009 às 21:49

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s